Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Sexta - 07 de Novembro de 2003 às 06:31

    Imprimir


_______________________________________________________



Cientistas dizem que a nave espacial Voyager I está perto da fronteira externa do Sistema Solar, 26 anos após ter sido lançada pelos Estados Unidos.

A fronteira é uma região onde partículas vindas do Sol começam a perder a velocidade e se chocam com matéria atômica de regiões longínquas do espaço.

A Agência Espacial Americana, Nasa, disse que a Voyager I está a cerca de 13,5 bilhões de kilômetros da Terra e não alcançará outro sistema em menos de 40 mil anos.

A nave carrega saudações em 55 línguas, gravações de composições de Mozart e materiais áudio-visuais mostrando a vida na Terra.

A Fronteira Final

Ainda não está claro se a Voyager chegou ou não à fronteira ou se ainda se aproxima dela.

Cientistas apresentaram evidências das duas possibilidades na quarta-feira, e o assunto é discutido na edição desta semana da revista Nature. Mas os cientistas estão animados.

"A Voyager está começando a explorar a fronteira final do nosso Sistema Solar", disse Edward Stone, um cientista do projeto Voyager que trabalha para o California Institute of Technology.

"É uma região totalmente nova, onde nunca estivemos antes", disse.

Esperava-se que a Voyager I durasse apenas cinco anos após seu lançamento, em 1977. Mas ela vem surpreendendo os cientistas, e enviando informações continuamente desde então, incluindo fotografias espetaculares do Sistema Solar.

Apesar da ausência de um consenso entre os cientistas em relação ao seu exato paradeiro, a nave não tripulada, que vem sendo seguida de perto pela Voyager II, ainda funciona.

"Nós temos eletricidade suficiente", disse Stone. "Se nada quebrar dentro da nave, podemos continuar recebendo informações até 2020".



BBC




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/1661/visualizar/