Homenews - homenews.com.br
Ciência
Quinta - 19 de Agosto de 2004 às 10:04

    Imprimir


__________________________________________________________________






Os europeus terão de adaptar seu estilo de vida às mudanças climáticas e, ao mesmo tempo, tentar limitar os efeitos delas cortando emissões.

O alerta foi feito pela Agência Ambiental Européia (AAE) no relatório Impactos das Mudanças Climáticas na Europa.

Os especialistas prevêem aumentos de temperatura entre 2 e 6,3 graus até 2100, em comparação com os dados de 1990, e dizem que as mudanças que o mundo atravessa são provavelmente maiores do que todas as outras nos últimos mil anos.

Outro órgão que investiga o assunto, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, afirma que, de acordo com os dados atuais, as temperaturas globais teriam aumentos de 1,4 a 5,8 graus.

Glaciares

De acordo com os cientistas europeus, a onda de calor de 2003 provocou o derretimento de 10% dos glaciares nos Alpes e as colheitas em vários países do sul europeu foram 30% menores do que o normal.

A agência ambiental da União Européia diz ainda que o mundo deveria atuar para impedir que as temperaturas subam mais do que dois graus acima dos níveis registrados em 1990, um aumento que a entidade considera no limite do sustentável.

"De acordo com os dados atuais, essa meta vai provavelmente ser ultrapassada por volta de 2050", diz o documento.

A diretora-executiva da AAE, Jacqueline McGlade afirmou que o relatório reúne várias provas de que a mudança climática já está em andamento e que tem impactos que "afetarão custos, pessoas e ecossistemas na Europa".

"A Europa precisa continuar a liderar os esforços em todo o mundo para reduzir as emissões de gases do efeito estufa, mas esse documento também ressalta que são necessárias estratégias nos níveis europeu, regional, nacional e local para adaptar-se às mudanças climáticas", afirma McGlade.

Riscos

De acordo com McGlade, se nada for feito, em menos de 50 anos a Europa vai se ver diante de "condições desconhecidas e potencialmente perigosas".

O documento diz que até 2050, 75% dos glaciares nos Alpes suíços provavelmente terão se derretido.

No mar, espécies de zooplâncton se deslocaram cerca de mil quilômetros para o norte nos últimos 30 anos.

O relatório afirma ainda que as atividades humanas aumentaram a concentração atmosférica dos gases do efeito estufa em 34% desde a Revolução Industrial.






BBC




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/2444/visualizar/