Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Sexta - 25 de Outubro de 2002 às 12:43

    Imprimir



Por Tina Szabados, Homenews com agências internacionais

A Interpol, famosa rede de polícia internacional, resolveu adotar definitivamente a informatização como aliada nas investigações de crimes.

Um projeto de cerca de US$ 9,8 milhões, aprovado esta semana durante o encontro anual da Interpol, promete trocar as barulhentas máquinas de telex e o correio convencional por computadores que possam agilizar a troca de informações entre a polícia. Segundo Stanley Morris, um dos membros responsáveis por "digitalizar" a Interpol, a idéia está sendo testada desde fevereiro em 40 países, segundo Morris.

Por enquanto tudo acontece de forma muito lenta. A adoção da tecnologia ainda levará cerca de um ano. De acordo com a versão on-line do jornal americano USA Today, a Interpol espera conseguir interligar os 181 países cujas polícias estão sob sua coordenação. Com isso, os países-membros terão acesso on-line a impressões digitais, fotos e até características de DNA de criminosos.

"Na maioria dos países, crianças de 12 anos são capazes de trocar dados mais rapidamente do que a comunidade da polícia internacional", disse Morris. Segundo ele, o alerta sobre um procurado perigoso pode levar até cinco meses para chegar a todos os membros da Interpol.

Sob o novo sistema, uma mensagem urgente circulará em apenas um dia, facilitando à organização atingir seu objetivo: ajudar a polícia mundial a compartilhar informações.







URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/315/visualizar/