Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Terça - 29 de Outubro de 2002 às 12:40

    Imprimir


(Reuters) - A fabricante de eletrônicos Gradiente, prepara o lançamento de uma linha de palmtops. Os produtos serão equipados com processadores Intel, de quem a empresa é parceira desde o final de 2001, informaram ontem fontes que participam do lançamento.

Um dos palmtops da Gradiente --que deve competir com os fabricantes nacionais Itautec e Metron e com as multinacionais HP e Toshiba-- terá recursos integrados, como a transferência de dados em alta velocidade via redes de telefonia celular GSM/GPRS, que permitem a exibição de aplicações de vídeo e músicas, por exemplo.

Procurada, a assessoria de imprensa da Gradiente confirmou os planos da empresa na produção de palmtops, mas afirmou que não há um cronograma de lançamento. A intenção é lançar um modelo ainda este ano. Fonte próxima à situação afirmou que o estágio de desenvolvimento do produto está "adiantado".

A Gradiente dever ser a terceira fabricante nacional de computadores pessoais a lançar dispositivos portáteis este ano.

O analista da International Data Corp (IDC) no Brasil, uma empresa de pesquisa do mercado de tecnologia, Marcelo Quintas, afirmou que o setor de palmtops no país "é muito promissor".

Segundo ele, de 2000 para 2001, o crescimento do mercado ficou em 28%, com a venda de 170 mil computadores de mão.

Apesar das vendas deste ano "terem grande possibilidade" de ficarem abaixo do crescimento de 2001, segundo Quintas, o fenômeno é passageiro porque o que ocorreu foram adiamentos de compras de grandes empresas e de pessoas físicas em função da volatilidade do dólar e das incertezas da economia. A maioria dos componentes que equipam os palmtops são importados e sofrem influência da variação cambial.

A Gradiente, conhecida por aparelhos de som e DVDs, lançou uma linha de computadores multimídia no final de 2001. No ano passado, a companhia teve um faturamento de R$ 608,88 milhões, ante vendas no ano anterior de R$ 1,34 bilhão. No final de agosto, anunciou uma reestruturação. O processo unificou suas divisões, para reduzir custos.




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/331/visualizar/