Homenews - homenews.com.br
Saúde
Quarta - 12 de Abril de 2006 às 09:40

    Imprimir





________________________________________________________________


As suspeitas dos pesquisadores vão sendo confirmadas. Desta vez, é um estudo realizado em quatro regiões da Itália, com 1.294 homens com câncer de próstata e 1.451 saudáveis, que reforça a ligação entre altos níveis de colesterol e uma maior chance de desenvolvimento do câncer de próstata.

A pesquisa, que será publicada nesta quarta-feira (12/4) no site da revista Annals of Oncology , foi feita durante os anos de 1991 e 2002. Todos os envolvidos com o estudo foram entrevistados. Os pesquisadores usaram questionários quantitativos para obter informações sobre o histórico dos pacientes.

“Nossos resultados mostram que aproximadamente 50% dos homens com câncer de próstata tinham colesterol em nível elevado, quando comparado com o grupo controle”, disse Francesca Bravi, epidemiologista do Istituto di Ricerche Farmacologiche Mario Negri, da cidade de Milão, e também principal autora do estudo. A associação apresentou-se mais forte, explica a pesquisadora, em homens que tiveram o tumor detectado antes dos 50 anos e entre aqueles com mais de 65 anos de idade.

Para chegar aos resultados apresentados nesta quarta-feira, o grupo italiano analisou dez condições chamadas de não-cancerígenas, a partir do histórico obtido com os próprios pacientes. Entre eles, o nível de colesterol e o surgimento de cálculos renais.

“Nós também encontramos uma ligação direta, apesar de não ser estatisticamente significativa, entre o câncer de próstata e a ocorrência de cálculos renais”, explica a pesquisadora em comunicado da Oxford University Press, editora responsável pela publicação da revista científica Annals of Oncology. Em relação ao grupo controle, os pacientes com problema na próstata apresentaram 26% mais cálculos renais.

Nesse estudo realizado na Itália, os pesquisadores consideraram como altas taxas de colesterol níveis superiores aos 200 mg/dl. Os cientistas alertam que novos estudos são necessários para que as ligações entre câncer de próstata e colesterol ou cálculos renais – ambas já identificadas em outras pesquisas -- possam ser mais bem entendidas.





Agência Fapesp




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/3690/visualizar/