Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Quarta - 12 de Abril de 2006 às 09:42

    Imprimir


________________________________________________________________


Um módulo de locomoção motorizado que pode ser acoplado a cadeiras de rodas manuais quando o usuário precisar percorrer longas distâncias. Essa é a novidade desenvolvida por pesquisadores da Faculdade de Engenharia Mecânica (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O novo equipamento é formado por um motor elétrico recarregável, acoplado a duas pequenas rodas. Esse conjunto, que é acionado via controle remoto, deve ser colocado na parte de baixo da cadeira.

“Uma das vantagens do módulo de locomoção é a independência que o usuário tem para inserir e retirar a motorização quando necessário”, disse Flávia Bonilha Alvarenga, uma das responsáveis pelo projeto à Agência FAPESP. “Outra vantagem, sem dúvida, é o custo do equipamento”, explica a pesquisadora.

Segundo Flávia, o preço médio de uma cadeira motorizada é de R$ 8 mil contra R$ 120 de uma manual. O custo do módulo da FCM está estimado em R$ 600. O pedido de patente da tecnologia já foi depositado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e a pesquisadora, agora, está em busca de empresas interessadas em fabricar o produto.

“Devido aos altos custos da cadeira motorizada, a grande maioria dos portadores de necessidades especiais no Brasil possui uma cadeira manual”, explica. “Ao mesmo tempo em que o usuário pode utilizar o módulo para subir uma rampa de acesso extensa, ele também pode continuar fazendo exercícios com os braços”, conta.

A pesquisa sugere ainda a utilização do equipamento em locais públicos, como universidades ou centros comerciais. Nesses casos, os estabelecimentos forneceriam temporariamente o módulo de locomoção aos portadores de necessidades especiais.

O projeto que gerou o equipamento de motorização das cadeiras de roda manuais é resultado da dissertação de mestrado de Flávia. O trabalho, apresentado ao Departamento de Projeto Mecânico da FCM, teve a orientação do professor Franco Giuseppe Dedini.







Agência Fapesp




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/3691/visualizar/