Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Segunda - 09 de Outubro de 2006 às 10:33

    Imprimir


________________________________________________________________


Um detrito espacial provocou um pequeno buraco em um dos painéis de radiadores do ônibus espacial Atlantis durante a sua recente missão de 12 dias, disse a Nasa (agência espacial norte-americana) na última quinta-feira (05/10).

O impacto de detritos é a principal preocupação da Nasa desde o acidente com o Columbia, em 2003, provocado por um pedaço de espuma de isolamento térmico do tanque, que atingiu uma das asas na decolagem, provocando uma explosão na volta à atmosfera.

O dano no radiador mede pouco mais de 2,5 milímetros de diâmetro e foi encontrado em uma inspeção de rotina no Centro Espacial Kennedy após o pouso, segundo a porta-voz Jessica Rye.

O problema havia passado despercebido durante a missão, apesar de três exaustivas inspeções, porque os painéis metálicos dos radiadores não ficam expostos durante o mergulho da nave na atmosfera terrestre. Eles se abrem nas portas das baias de carga para resfriarem o ônibus durante o vôo.

"Os radiadores são potencialmente perigosos porque afetam sistemas de suporte vital e controles de temperatura", disse William Schonberg, professor de Engenharia da Universidade de Missouri e especialista em detritos espaciais.

Depois do acidente do Columbia, a Nasa criou instrumentos para avaliar o desempenho das naves durante a supersônica ascensão, redesenhou o tanque de combustível e equipou a Estação Espacial Internacional para servir de refúgio em caso de acidente.

Além disso, no ano passado a Nasa decidiu fazer uma inspeção no final de cada missão para verificar eventuais danos de pequenos asteróides.

Durante a missão, a Nasa havia detectado detritos passando próximo à Atlantis, o que fez a agência adiar em um dia o regresso para que fosse feita uma nova avaliação. Não se sabe se esse incidente teve relação com o furo nos radiadores.




Reuters




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/3874/visualizar/