Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Terça - 17 de Outubro de 2006 às 10:33

    Imprimir


________________________________________________________________


A Europa lançará hoje (17/10) às 16h38 (13h38 em Brasília) seu primeiro satélite meteorológico de órbita polar, o MetOp-A. O lançamento deverá acontecer depois de já ter sido adiado várias vezes por problemas técnicos.

Um foguete russo Soyuz-2 colocará o primeiro aparelho da terceira geração de satélites meteorológicos europeu em órbita polar da base de Baikonur, no Cazaquistão.

Os novos satélites foram criados em conjunto pela Organização Européia para a Exploração de Satélites Meteorológicos (Eumetsat) e a Agência Espacial Européia (ESA) e sua função é aperfeiçoar as previsões do clima.

Depois que estiverem em órbita, a gestão e a manutenção dos satélites ficará a cargo da Eumetsat.

A assessora de comunicação da Eumetsat, Livia Briese, disse hoje à imprensa que, por enquanto, "tudo anda bem, como o previsto", para o lançamento, adiado em duas ocasiões desde julho.

Na última delas, no final de setembro, a parte superior do lançador sofreu um pequeno impacto durante a colocação final no trem de transporte.

A nova série MetOp é composta por três satélites que darão voltas em torno da Terra em órbita polar, ou seja, passarão pelos pólos terrestres a uma distância de 837 quilômetros, segundo informações da Eumetsat.

Os MetOp estarão muito mais próximos da Terra em relação à segunda geração de satélites meteorológicos, os Meteosat, que se encontram em uma órbita geoestacionária, praticamente imóveis e a 36 mil quilômetros de altura sobre o ponto de intersecção do Equador e do meridiano de Greenwich.

Por essa razão, a nova geração de satélites será capaz de obter dados com uma resolução maior e informações sobre áreas que os Meteosats não cobrem, além de complementar as informações da Administração Nacional Atmosférica e Oceânica norte-americana.



Redação HomeNews com EFE




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/3882/visualizar/