Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Quinta - 19 de Outubro de 2006 às 12:09

    Imprimir





________________________________________________________________


Uma sonda tão fina como um fio de cabelo e que pode transmitir imagens tridimensionais de grande qualidade de dentro do corpo humano poderia revolucionar os exames médicos, segundo uma pesquisa publicada nesta terça-feira (18/10) pela revista científica britânica Nature.

O novo instrumento, que foi desenvolvido no Hospital Geral Massachusetts de Boston (EUA), poderia substituir as tradicionais endoscopias, técnica de diagnóstico que consiste em introduzir um endoscópio através de um orifício natural ou uma incisão cirúrgica.

Até agora, a rigidez dos endoscópios e a qualidade insuficiente das imagens transmitidas limitaram sua aplicação, afirmam os responsáveis pela pesquisa.

A equipe científica, dirigida pelo doutor Guillermo Tearney, superou essas limitações com a utilização de uma fibra óptica simples, que projeta luz de diferentes comprimentos de onda sobre os tecidos que serão analisados.

Os sinais de luz devolvidos são depois processados fora do corpo e, a partir dessa informação, há a construção de imagens tridimensionais.

Os pesquisadores testaram com sucesso a sonda para refletir tumores cancerígenos em ratos que tinham se estendido dos ovários até a parede do abdômen, após introduzir o aparato na cavidade intestinal através de uma agulha de dimensões reduzidas.

"Este novo endoscópio em miniatura é o primeiro que permite obter imagens tridimensionais de áreas de dentro do corpo", disse Tearney, que considerou que a sonda "abre novas possibilidades", não só para diagnósticos, mas também para o uso em cirurgias delicadas.

O cientista também destacou que a nova sonda reduz a necessidade de anestesia, assim como a extensão de tecido danificado.






EFE




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/3894/visualizar/