Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Segunda - 03 de Agosto de 2009 às 10:46

    Imprimir


Astrônomos estão intrigados por uma estranha mancha brilhante que apareceu nas nuvens em torno do planeta Vênus.


O ponto foi notado pela primeira vez em 19 de julho por um astrônomo amador americano, e sua existência foi em seguida confirmada pela sonda Venus Express, da Agência Espacial Europeia (AEE).


Dados coletados pela sonda sugerem que a mancha apareceu pelo menos quatro dias antes de ter sido percebida na Terra.


Desde então, ela começou a se expandir, com os ventos ajudando-a a se espalhar pela densa atmosfera de Vênus.


Vulcão



Os cientistas ainda não sabem o que pode ter provocado a mancha, mas consideram a possibilidade da erupção de um vulcão.


Astrônomos acreditam que a maior parte do planeta é coberta de material resultado de atividade vulcânica no passado. Apesar de não existirem provas concretas dessas atividades no presente, os cientistas acreditam que elas ainda ocorrem.


Mas, segundo eles, para penetrar na atmosfera de Vênus, formada principalmente por gás carbônico, a erupção teria que ter sido extremamente forte.


Outra hipótese analisada pelos especialistas é a de que a mancha brilhante seja formada por partículas do Sol que estão interagindo com a atmosfera de Vênus.


Ou ainda, segundo os cientistas, ela pode ter sido provocada por material brilhante levado pela turbulência atmosférica a se concentrar em uma área específica.


Esta não é a primeira vez que se nota áreas brilhantes em Vênus, mas esta mancha é incomum porque se concentra em uma região relativamente pequena.


Astrônomos recentemente estudaram uma "cicatriz" em Júpiter, que eles acreditam ter sido provocada pelo impacto de um cometa ou asteroide.





Fonte: BBC Brasil

URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/3969/visualizar/