Homenews - homenews.com.br
Informática
Sexta - 22 de Novembro de 2002 às 11:22

    Imprimir


PARIS, (AFP) - Confortável no sofá de sua casa e com o laptop nos joelhos, a vítima, um cientista sueco de 50 anos de idade, pai de dois filhos, ficou quase uma hora redigindo um documento e se queimou, segundo carta enviada à Lancet, revista britânica de medicina.

No dia seguinte, ele estava com bolhas doloridas no pênis e nos testículos e teve infecção, mas não chegou a precisar de antibióticos.

Os manuais de uso dos computadores recomendam evitar contato direito da máquina com a pele, embora neste caso a vítima estivesse vestida.

"Esta história deve ser levada a sério", escreve o autor do artigo, Claes-Goran Ostenson, do Instituto Karolinska de Estocolmo (departamento de medicina molecular).




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/461/visualizar/