Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Terça - 20 de Agosto de 2002 às 12:15

    Imprimir


Por Tina Szabados

Dois anos. Esse é o prazo para que nós, brasileiros, possamos assistir televisão dentro do carro ou em pequenos aparelhos como o celular. Estas serão duas aplicações possíveis previstas para a televisão digital no país e que fazem parte da política de adoção do novo sistema tecnológico que deverá ser anunciado pelo governo no próximo mês.

Ficará a critério de cada emissora de Tv escolher que tipo de aplicação de sistema digital será utilizado e os serviços que serão oferecidos às diversas regiões do país.

O governo avisa que, na nova política, continuará exigindo o serviço de atendimento aos telespectadores nas mesmas áreas de cobertura da televisão analógica e em condições iguais ou melhores. Isso porque, segundo o Ministério das Comunicações, mais de 90% dos domicílios brasileiros contam com a televisão aberta que permanecerá sendo livre e gratuita, no intuito de continuar oferecendo educação, cultura e entretenimento.

Com a implantação da TV digital no Brasil, o governo pretende revitalizar o setor de radiodifusão das emissoras de TV, garantindo uma qualidade superior de imagem e som das transmissões.

A nova tecnologia também estará contribuindo com a convergência dos serviços de telecomunicações. Por determinação do Ministério das Comunicações, a TV digital terá seu ponta-pé inicial nos grandes mercados, como Rio de Janeiro e São Paulo.

A definição do padrão de TV digital que será implantado no país (americano, japonês ou europeu),ficará a cargo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que deverá elaborar o plano de transição entre o sistema analógico e o digital.




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/57/visualizar/