Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Terça - 27 de Agosto de 2002 às 11:44

    Imprimir


Por Eriko Amaha

TÓQUIO (Reuters) - A KDDI, segunda maior operadora de telefonia móvel do Japão, anunciou na segunda-feira que lançará em outubro um serviço que permitirá aos seus usuários a transmissão de vídeos por meio de seus telefones celulares, intensificando a competição em um setor já aquecido.

A empresa disse que a oferta era parte de sua campanha para conseguir 7 milhões de usuários de telefonia móvel de terceira geração (3G) até março, 5 milhões a mais do que seu número atual de assinantes.

A KDDI espera que o novo aparelho, um dos quatro revelados na segunda-feira, não só a ajude a manter assinantes, mas conquiste usuários das rivais J-Phone, dirigida pela Japan Telecom e Vodafone Group, que já tem um serviço de envio de filmes por email.

O novo telefone móvel equipado com câmera, o A5301T, é produzido pela Toshiba .

A KDDI anunciou que o aparelho a ser lançado em outubro será o primeiro celular capaz de gravar clipes de vídeo de até 15 segundos. O produto oferecido pela J-Phone grava clipes de até cinco segundos.

A KDDI oferece desde dezembro telefones que permitem aos usuários somente o recebimento de vídeos, não os que gravam com câmeras embutidas.

A KDDI anunciou também que vai dar novos descontos aos seus usuários a partir de 1o. de outubro para encorajá-los a usar os serviços de transmissão de dados.

"Esperamos que cerca de 70 por cento de nossos usuários adotem os aparelhos mais sofisticados e dotados de maiores recursos", disse Tadashi Onodera, presidente da KDDI, em entrevista coletiva.

O novo telefone equipado com vídeo vem com espaço para um cartão de memória capaz de armazenar até 555 clipes de vídeo de cinco segundos de duração.

O aparelho pode gravar imagens móveis com resolução de 310 mil pixels, e anexá-las a emails para envio a outros telefones celulares ou computadores pessoais.

Com peso de apenas 119 gramas, o novo modelo também oferece recursos como sistema de posicionamento global (GPS) e uma tela de resolução mais alta, capaz de exibir 260 mil cores.

A KDDI anunciou que deve permitir que os varejistas definam o preço dos novos aparelhos, mas informou que era provável que o valor seja semelhante aos dos demais modelos de ponta, que custam entre 10 mil e 20 mil ienes (85 a 170 dólares).





URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/73/visualizar/