Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Sexta - 30 de Agosto de 2002 às 10:15

    Imprimir



AMSTERDÃ (Reuters) - O supercomputador mais poderoso da indústria automobilística vai melhorar o poder de computação da GM em um fator de quatro. "Vai ajudar a companhia a melhorar processos de desenvolvimento dos veículos", afirmou a IBM em comunicado.

Os cerca de 12 computadores, que ficarão instalados em diferentes partes da Europa e Estados Unidos, serão capazes de fazer até 4 trilhões de cálculos por segundo. Este poder de processamento é necessário para simulações de colisões e checagem rápida da qualidade e desenho das estruturas dos automóveis.

"Os sistemas IBM p690 nos permitirão experimentar cenários no computador que seriam impossíveis de tentar em protótipos tradicionais", afirmou Kirk Gutmann, executivo responsável pelo desenvolvimento global de produtos de informação da General Motors. O sistema deve acelerar o desenvolvimento de processos e reduzir custos.

Interligado, o sistema tem um poder de processamento de 2,3 teraflops, o que o torna o nono supercomputador mais rápido do mundo.

A IBM fabricou cinco dos 10 maiores supercomputadores do mundo. A Hewlett-Packard três, a NEC 1 e a Intel 1. A posição da GM é notável porque praticamente todos os maiores computadores do planeta são usados para propósitos não comerciais, como laboratórios e institutos meteorológicos e atômicos.

A NEC desenvolveu o mais poderoso supercomputador do Centro de Simulação da Terra no Japão, com 35,9 teraflops de velocidade, quase cinco vezes mais poderoso que o segundo computador mais potente do mundo, da IBM.




URL Fonte: http://homenews.com.br/noticia/86/visualizar/