Homenews - homenews.com.br
Informática
Terça - 24 de Junho de 2003 às 13:39

    Imprimir


Por Rodrigo Dutra, do HomeNews

A Verisign está lançando um novo serviço para remover algumas atitudes ilícitas realizadas em ambiente online. Esta atividade conta com o apoio de, pelo menos, uma grande companhia de cartões de crédito.

Na última quarta-feira, esta empresa, não revelada pela divisão de negócios corporativos da Verisign, assinou uma parceria para o maior desenvolvimento deste serviço, que pretende auxiliar comerciantes a identificar transações fraudulentas realizadas na grande rede.

O coração do novo serviço é um sistema revolucionário de detecção online antifraude que usa informações derivadas de quantias superiores a US$ 20 bilhões em transações online, gerenciadas pela própria empresa para diferentes tipos de “comportamento suspeito na Internet”. Esta informação foi confirmada por Trevor Healy, vice-presidente para serviços gerais da Verisign.

O novo serviço se concentra em identificar três tipos comuns de atividades relacionadas a fraudes online: desvio de produtos, roubo de dinheiro e falsificação de identidade.

O desvio de produtos refere-se diretamente a utilização das informações de um cartão de crédito roubado para a realização de futuras compras online que não foram autorizadas pelo verdadeiro dono do aparato financeiro. A falsificação de identidade refere-se ao roubo de dados pessoais, incluindo aí a situação financeira do individuo, localizada através de sistemas de transação online. O roubo de dinheiro refere-se ao uso de sistemas de compra online que é utilizado pelo ladrão para editar reembolsos não autorizados pela operadora do cartão de crédito.

Para comerciantes que assinarem o serviço, a Verisign supervisiona as transações online por “comportamento de compra suspeito”, volume de transações pouco comum ou transações ligadas a endereços IP, endereços eletrônicos ou números de cartões de crédito associados com fraudes.

Detalhes de transações são também verificados. Por exemplo, para que os clientes possam pedir um reembolso para a operadora do cartão por uma compra, a Verisign necessita confirmar se a transação financeira realmente ocorreu.

Transações que são avaliadas como fraudulentas são paralisadas em tempo real, antes que o dinheiro tenha trocado de mãos ou o pedido tenha sido finalizado.
Os comerciantes são notificados por e-mail ou telefone pela Verisign sobre uma possível atividade de latrocínio ocorrida. Se o comerciante puder verificar a compra com o cliente, a transação será validada e poderá continuar.

Os serviços de monitoramento e verificação de vendas para grandes operações também incluem uma “taxa pré – transação”, que pode variar segundo o tipo de negócios e volume de compras negociado pelo comerciante.
Enquanto as regras de identificação de dados para reconhecer fraudes são as mesmas para grandes e pequenos consumidores, grandes fornecedores recebem o serviço de monitoramento personalizado que apenas objetiva a verificação do tráfego, e a Verisign se dedica pessoalmente a verificar o site do seu cliente, conforme garantiu Trevor Healy.

O serviço antifraude da Verisign está sendo utilizado por um grande número de empresas online e foi avaliado na última quarta-feira, pelo público, como um sistema eficaz.

Comerciantes interessados no sistema devem contatar a Verisign para receber informações sobre a assinatura do serviço.




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1113/visualizar/