Homenews - homenews.com.br
Ciência
Segunda - 07 de Julho de 2003 às 06:22

    Imprimir


Por Alessandra Teixeira, do HomeNews

Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) descobriram que o hormônio sexual progesterona, relacionado ao crescimento do útero feminino, é o responsável direto por uma noite melhor de sono.

A progesterona é capaz de reduzir os índices de bruxismo (ranger de dentes), sobressaltos nas fases mais profundas de sono e movimentação involuntária das pernas. São conclusões de uma pesquisa feita nos departamentos de Tocoginecologia e Psicobiologia da Unifesp e apresentada como tese de doutorado à universidade.

Para o estudo, 33 mulheres com idades entre 50 e 65 anos, que faziam um tratamento de reposição hormonal pela primeira vez, foram acompanhadas enquanto dormiam. Elas foram divididas em dois grupos e avaliadas após três e seis meses do início do tratamento. Um grupo de 14 pacientes recebeu estrogênio na primeira fase, tendo acrescentado progesterona na segunda fase. O outro grupo, de 19 mulheres, recebeu placebo na primeira fase e só progesterona na segunda. Verificou-se por exemplo que, do total de mulheres que foram acompanhadas enquanto dormiam, 45% tinham mais de cinco movimentos de pernas involuntários por hora de sono. Com o consumo de progesterona, esse movimento caiu para 1 a 3 movimentos/hora. Além disso, de todas as mulheres que tinham bruxismo, nenhuma apresentou o problema após o tratamento.

Segundo o Jornal da Paulista, não há registros na literatura médica desses efeitos da progesterona na performance de mulheres durante o sono. Sua descoberta pode vir a pautar novas pesquisas em tratamentos de reposição hormonal e de insônia.





URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1157/visualizar/