Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Sexta - 25 de Julho de 2003 às 08:56

    Imprimir


_______________________________________________________

Tetraplégicos sem poder de comunicação poderão contar com o mouse ocular, que transforma movimentos da íris e piscadas em sinais como letras do alfabeto, frases inteiras e comandos para o uso de aplicativos e browsers de navegação na Web.

Trata-se de um projeto patenteado pela Fundação Desembargador Paulo Feitoza (AM), que investiu cerca de R$ 1 milhão na novidade, idealizada em 1996. O engenheiro Manoel Cardoso, responsável pela tecnologia, usou impulsos elétricos para ampliar os milionésimos de volts gerados pelos movimentos oculares, até conseguir a freqüência adequada à solução de inserção social dos portadores de deficiência. A próxima etapa é difundir o mecanismo às empresas de saúde, visando à fabricação do mouse em larga escala e ao aprimoramento da invenção.


Fonte: Scientific American






URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1228/visualizar/