Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Quarta - 17 de Setembro de 2003 às 06:40

    Imprimir



HomeNews


A Nasa,(agência espacial norte-americana), divulgou esta semana, um comunicado onde afirma que o mistério da formação da Lua poderá ser revelado com a detecção de oxigênio, magnésio, alumínio e silício numa grande extensão de sua superfície pelo telescópio espacial de raios-X, Chandra. Ainda de acordo com o comunicado, "a abundância e a divisão destes elementos ajudarão a determinar como a Lua se formou".

Jeremy Drake, do centro de astrofísica Harvard-Smithsonian, em Cambridge, explicou que a Nasa possui amostras da Lua obtidas em seis missões Apollo, mas que a teledetecção com o Chandra permitirá cobrir uma área maior.

"Ao medir a quantidade de alumínio e de outros elementos e ao compará-los com a superfície terrestre, Drake e sua equipe esperam verificar as hipóteses da colisão", destacou o comunicado.

As informações do telescópio Chandra também ajudarão os cientistas a descobrirem o mistério dos raios-X detectados no lado escuro da Lua. Segundo a Nasa, resultados preliminares indicam que os chamados raios-X do lado escuro da Lua não vêm do lado escuro do satélite natural da Terra. Os cientistas acreditam que esses raios-X podem ser explicados pelas emissões da atmosfera exterior da Terra, onde o Chandra se move.



Com agências internacionais




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1422/visualizar/