Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Quarta - 05 de Novembro de 2003 às 06:08

    Imprimir


_______________________________________________________



A maior explosão solar já testemunhada pela ciência acaba de acontecer, justamente quando os estudiosos acreditavam que a semana de intensa atividade no Sol estava terminando.

A explosão foi tão energética que sobrecarregou os detectores dos satélites que monitoram a superfície do Sol e "estourou" a escala até hoje utilizada para medir essas explosões.

Uma nuvem gigante com bilhões de toneladas de gás superaquecido foi expelida no espaço, parte dela em direção à Terra.

Os pesquisadores dizem que a atual onda de atividade solar, que dura agora dez dias, é a mais intensa e dramática já observada na superfície do Sol.


'X'

Explosões solares poderosas recebem a designação "X".

No domingo aconteceram explosões de força X8 e X3.

A explosão da terça-feira foi além da escala até hoje utilizada pelos cientistas, com pesquisadores dizendo que "foi para muito além de X20".

Essa seria a maior explosão solar de todos os tempos, mais forte do que as registradas em abril de 2001 e agosto de 1989.

As labaredas gigantes vem de uma região do Sol identificada como 486, agora, oficialmente o ponto solar mais ativo na história da observação dessa estrela.

Paal Brekke, cientista envolvido no acompanhamento do satélite Solar Heliospheric Observatory (Soho), que monitora o Sol, disse à BBC:

"Acho que a última semana vai entrar para a história como um dos períodos de atividade solar mais dramáticos dos tempos modernos", explicou Brekke.



BBC




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1645/visualizar/