Homenews - homenews.com.br
Astronomia
Segunda - 01 de Dezembro de 2003 às 10:35

    Imprimir


________________________________________________________




Comer morangos pode ajudar os astronautas a ter um melhor desempenho em longas missões espaciais. A conclusão é de uma pesquisa divulgada na reunião anual da Sociedade para Neurociência em Nova Orleans, Luisiana. De acordo com o estudo, uma dose diária da fruta congelada aumentou a função cerebral em ratos expostos a uma versão de laboratório de radiação cósmica.

"Suplementos dietéticos como esse podem ajudar a proteger os futuros astronautas dos efeitos físicos e mentais perigosos da exposição prolongada à radiação", disse Bernard Rabin, da Universidade de Maryland, em Baltimore, que estudou os roedores. Os morangos congelados estão no cardápio dos astronautas desde o início dos vôos do ônibus espacial, na década de 80.

Aqueles que viajam além do campo magnético protetor da Terra são bombardeados por raios cósmicos -partículas de energia que restaram do Big Bang. Ratos expostos a uma emissão equivalente, em laboratório, são menos motivados e capazes de aprender. Com o prolongamento das missões, os astronautas poderão enfrentar problemas semelhantes.

A equipe de Rabin tratou ratos com uma dieta de oito semanas de 2% de morango congelado, 98% de ração de laboratório padrão e depois os expuseram a um minuto de raios cósmicos produzidos artificialmente. Em um teste de motivação durante um ano esses roedores superaram animais que haviam sido alimentados com uma dieta sem o fruto. Eles trabalharam duas vezes mais para apertar uma alavanca e receber comida.

Para Rabin, o estudo sugere que uma dieta com suplemento de morangos pode ajudar os astronautas a trabalhar com maior eficácia no espaço. Equiparando-se à dosagem dos ratos, os exploradores precisariam comer cerca de meio quilo de morangos por dia.

"O motivo do aparente efeito protetor da fruta não é conhecido. Moléculas antioxidantes encontradas no mirtilo [outro fruto silvestre], podem diminuir o declínio da memória relacionado à idade em ratos", disse Edward Spangler, do Instituto Nacional do Envelhecimento, em Maryland, que estuda os benefícios da fruta para a saúde.

Substâncias químicas semelhantes às do morango poderão ajudar a proteger as células cerebrais dos raios cósmicos nocivos. Se forem identificados seus ingredientes ativos, eles poderão ser sintetizados e administrados aos astronautas em forma de comprimidos.





Nature News Service




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1743/visualizar/