Homenews - homenews.com.br
Informática
Segunda - 01 de Dezembro de 2003 às 11:07

    Imprimir


_________________________________________________________




Se depender de Joe Sandoval, gerente do departamento de serviços internos da prefeitura de Los Angeles, os vocábulos master (senhor) e slave (escravo), que classificam os discos rígidos e leitoras de CDs como principais e secundários, nunca mais serão usados em sua cidade.

Sandoval considera os termos ofensivos e na última semana pediu ao Office of Affirmative Action Compliance (OAAC), órgão de defesa das minorias sociais, que tome providências a respeito.

Ele enviou também um ofício aos fabricantes e revendedores de computadores e periféricos, para que removam ou mudem os nomes daqueles componentes.

“Sob o ponto-de-vista da diversidade e sensibilidade cultural de Los Angeles, essas denominações não são aceitáveis”, argumentou Sandoval em seu requerimento.

Em entrevista à agência de notícias Reuters, ele reconheceu que será difícil substituir os jargões a curto prazo, uma vez que são usados como padrão no ramo da informática há muitos anos.

“Não estou pressionando ninguém para que isso aconteça rapidamente. O que eu quero é que caso seja levado a sério”, explicou.

Dennis Tafoya, diretor do OAAC, informou que a entidade está fazendo uma exaustiva pesquisa para identificar e tentar mudar todas as expressões técnicas que possam ter uma interpretação polêmica.

Sandoval tem recebido vários e-mails: uma boa parte protesta, falando que ele é “estúpido” e deveria ser demitido. De qualquer forma, algumas empresas receberam a iniciativa com simpatia e prometeram estudá-la com carinho.







Agência Estado




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1746/visualizar/