Homenews - homenews.com.br
Informática
Quinta - 29 de Janeiro de 2004 às 09:56

    Imprimir




Por Greice Margherita, do HomeNews



MyDoom, Novarg, Shimgapi ou Mimail.R. O novo vírus que está se espalhando rapidamente pela Web tornou-se conhecido por um desses nomes. Milhares de computadores em vários países já foram infectados pela praga, que chega principalmente por e-mail ou por programas de compartilhamento de arquivos, como o Kazaa. Ele ataca micros com sistema operacional Windows e abre as portas do computador, deixando-o vulnerável.

Mas o principal objetivo do vírus é causar colapsos nos sistemas de informática das empresas, impossibilitando o uso dos micros.

Quando chega por e-mail, ele é capaz de enganar até os mais experientes, pois se apresenta como uma mensagem técnica de erro do servidor de mensagens, o que facilmente convence os usuários a clicarem em seu arquivo anexo e o executarem, instalando o vírus. Então ele se reenvia para toda a lista de contatos daquele usuário, causando congestionamento na rede.

O e-mail que contém o vírus chega com um arquivo de estensão .exe, .pif, .scr ou .zip. Sua linha de assunto geralmente é “test” ou “status”. Se receber um e-mail com estas características, apague-o imediatamente e entre em contato com quem o enviou, avisando-lhe de que pode haver um vírus instalado em sua máquina.

Para se proteger da nova praga virtual, basta fazer a atualização de seu antivírus na página do fabricante ou, se você ainda não tem um, fazer o seu download. Antes disso, é importante verificar se tal programa já tem “vacina” contra o MyDoom. Empresas de antivírus como McAfee, Sophos, Symantec e Trend Micro já oferecem a vacina para esta praga, que consideram de alto risco.

No site http://housecall.antivirus.com, a Trend Micro disponibiliza uma ferramenta para a remoção do vírus.





URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/1871/visualizar/