Homenews - homenews.com.br
Informática
Quinta - 03 de Outubro de 2002 às 22:24

    Imprimir



SÃO FRANCISCO, Califórnia (Reuters) - O conhecido hacker Kevin Mitnick revelou que está se regenerando e que espera ganhar dinheiro para responder a processos escrevendo um livro para contar sua história e leiloando os notebooks que usou para invadir redes enquanto fugia da polícia na década de 1990.

Denominado o ''terrorista da computação'', Mitnick esteve foragido do FBI por três anos, quando invadiu redes de empresas como Novell, Motorola, Sun Microsystems e Nokia e do cientista da computação Tsutomu Shimomura, que ajudou o governo americano a capturá-lo.

O Serviço Secreto dos Estados Unidos acreditava ter encurralado Mitnick quando invadiu um apartamento em Seattle alugado a um certo ''Brian Merrill'', em 28 de outubro de 1994. No entanto, os investigadores deixaram o local levando o notebook Toshiba Satellite 4400SX em lugar de Mitnick. O hacker estava na mesma rua no momento da invasão, ouvindo um rádio sintonizado na freqüência da polícia.

Em 15 de fevereiro de 1995, Mitnick foi preso sem direito a fiança por quatro anos e meio. O notebook que ele usava, um Toshiba 1960CS, está à venda no canal de leilões on-line eBay, e o lance mais alto foi de US$ 9,2 mil. O outro notebook também está sendo leiloado. O equipamento exibe ''uma fina camada de pó para capturar impressões digitais'' e marcas vermelhas na forma de ''X'' nos pontos onde foram obtidas essas impressões, bem como um mouse guardado em um saco plástico do FBI como prova.

Os computadores foram assinados por Mitnick e Steven Wozniak. ''Vocês têm o mundo todo nas mãos (Libertem, Kevin!)'', escreveu Wozniak.

- Ambos os notebooks estão inteiros desde meu apogeu hacker - revelou Mitnik.






URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/215/visualizar/