Homenews - homenews.com.br
Ciência
Quarta - 28 de Abril de 2004 às 11:03

    Imprimir



___________________________________________________________________





Uma empresa da Califórnia está comercializando, pela primeira vez nos Estados Unidos, serviços de clonagem de animais domésticos e já recebeu a encomenda de cinco clientes para produzir uma cópia de seus gatos, ao custo de US$ 50 mil cada (R$ 145,5 mil).
Centenas de clientes também estão pagando US$ 900 (R$ 2,6 mil) ao ano, com mais US$ 150 (R$ 437) de manutenção, para preservar tecidos de seus gatos ou cachorros para futura clonagem.

A Genetic Savings & Clone anunciou que começará a clonar os animais em maio, sendo que os primeiros filhotes devem nascer em novembro, se os procedimentos derem certo.

O presidente da companhia, Lou Hawthorne, disse à BBC que já iniciou o processo de clonagem de três gatos de funcionários da empresa.

“Nós devemos ter algumas gestações agora. Estou de dedos cruzados”, comentou Hawthorne. “Vamos fazer ultra-sons durante essa semana toda.”

Operação CopyCat

Os animais devem ser apresentados na conferência da Associação Americana de Medicina Veterinária, no ano que vem. O empresário espera que uma das cópias seja do seu próprio gato, de seis meses, chamado Tahini.

Junto com a Texas A & M University, a Genetic Savings & Clone foi a primeira a criar o primeiro clone de um gato no mundo.

A Operação CopyCat produziu o Cc, sigla para cópia de carbono, o que Hawthorne disse ser, agora, um saudável gato de dois anos de idade.

No entanto, o empresário afirmou que a clonagem de felinos ainda é complexa, consome muito tempo e é cara.

“A clonagem, a gestação e o processo de desmamar levam, aproximadamente, seis meses”, contou.

“A questão com os gatos não é como fazer, mas como fazer perfeitamente, com resultados da melhor qualidade.”

Os clientes recebem um aviso que salienta que a empresa vai produzir animais únicos e recém-nascidos e não réplicas exatas de animais adultos.

Reembolso

O professor Curt Ypungs, do Departamento Veterinário da Universidade de Iowa, teme que algumas pessoas fiquem infelizes com seus animais clonados por não serem uma reincarnação perfeita do animal que perderam ou que estão para perder.

Hawthorne não discorda e diz que aqueles que não estiverem satisfeitos podem ter um reembolso completo ou o animal pode ser levado para a adoção.

A clonagem de animais não é ilegal nos Estados Unidos, ao contrário da humana.

A Genetic Savings & Clone espera clonar milhares de bichos de estimação nos próximos cinco anos, quando o custo deve ser reduzido para US$ 10 mil (R$ 29,1 mil) para o gato e US$ 20 mil (R$ 58,2 mil) para o cachorro.







BBC Brasil




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/2250/visualizar/