Homenews - homenews.com.br
Arqueologia
Segunda - 02 de Agosto de 2004 às 10:43

    Imprimir


__________________________________________________________________




Arqueólogos norte-americanos encontraram registros de uma antiga cervejaria nas montanhas do sul do Peru que pode ter pelo menos mil anos.

A enorme estrutura foi descoberta por pesquisadores em Cerro Baúl, um centro religioso do império wari, anterior ao período dos incas.

Acredita-se que as instalações tenham sido usadas para a fermentação de grandes quantidades de uma bebida alcoólica semelhante à cerveja chamada "chicha", que era servida a centenas de pessoas em uma só ocasião.

A bebida fermentada, que tem uma versão atual feita à base de milho, era utilizada para um ritual, disseram os arqueólogos.

A Universidade da Flórida afirma que seus arqueólogos encontraram no sítio arqueológico pelo menos 20 potes de cerâmica com capacidade para entre 38 a 57 litros.

"Dá para ter uma idéia de que se tratava de produção maciça, não apenas de uma família produzindo cerveja para seu próprio consumo", disse Susan deFrance, da Universidade da Flórida.

Elite

A cervejaria, que fica a uma altitude de 2.440 metros nos Andes peruanos, podia produzir até mil litros de bebida por dia.

Tais quantidades eram servidas em reuniões organizadas pela elite do império wari, promovidas em recintos especialmente construídos para essas ocasiões.

Cada nobre wari podia beber até dez litros de "chicha" por cerimônia.

Os pesquisadores também encontraram lareiras onde o fogo era mantido aceso com o uso de esterco. Aparentemente, nelas fervia-se água e outros ingredientes, inclusive frutas, grãos e sementes para fazer a bebida.

A civilização wari floresceu entre 700 e 1000 da era cristã, conquistando toda a área onde hoje fica o Peru, antes de um declínio rápido e misterioso.

A estrutura parece ter sido destruída deliberadamente. Os usuários atearam fogo à cervejaria inteira, atirando seus copos de cerâmica na brasa, dizem os arqueólogos.





BBC




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/2388/visualizar/