Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Segunda - 14 de Outubro de 2002 às 11:03

    Imprimir



SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A Hewlett-Packard anunciou um computador pessoal que funciona como televisor, o primeiro em uma nova série de produtos mistos para estimular entusiasmo nos consumidores em meio a um mercado estagnado.

O HP Media Center é um computador de 1,4 mil dólares baseado na nova versão do Windows XP, da Microsoft, especial para entretenimento, chamada Media Center.

O computador, que chega às lojas no final de outubro, vem com controle remoto, sintonizador de televisão e pode gravar e exibir programas de TV e música digital. O monitor não está incluído no preço.

Os varejistas dizem que vêem a nova categoria como maneira de energizar os consumidores, animados com a idéia de ter dispositivos conectados em suas casas, talvez em tempo para as festas, depois de uma temporada fraca de volta às aulas.

"O controle remoto talvez se torne o próximo periférico padrão para um computador pessoal", disse Tony Weiss, vice-presidente executivo da CompUSA, no comunicado da Hewlett-Packard e Microsoft sobre o novo produto.

A Hewlett-Packard, líder entre os fabricantes de computadores pessoais, e seus concorrentes estão à procura de novos usos para os computadores, porque muitos consumidores parecem satisfeitos com as máquinas que já possuem.

A Microsoft, por sua vez, há muito esforça-se para levar seus produtos à sala de estar, com ofertas multimídia como o console de videogame Xbox, como forma de compensar a queda nas vendas de computadores pessoais.

Os executivos da Hewlett-Packard dizem ter considerado a idéia de dar às suas duas marcas de computadores pessoais imagens diferentes, orientando a marca HP ao entretenimento e fazendo da computação doméstica e empresarial o ponto forte da marca Compaq, que ela herdou ao adquirir a Compaq Computer por 18,7 bilhões de dólares.

A Sony (6758.T), do Japão, obteve certo sucesso com seus computadores multimídia VAIO no mercado japonês, e ela e outros fabricantes devem apoiar o novo sistema operacional da Microsoft, se bem que as perspectivas continuem incertas já que diversas empresas tentaram combinar computadores e televisores no passado sem obter grande sucesso.




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/252/visualizar/