Homenews - homenews.com.br
Informática
Segunda - 20 de Setembro de 2004 às 10:36

    Imprimir


_________________________________________________________________




Mais de 30 mil computadores pessoais são "recrutados" diariamente por hackers para espalhar vírus e spams na internet, diz um estudo da Symantec, empresa que vende antivírus.

Há seis meses, apenas 2 mil máquinas por dia eram usadas de forma ilegal pelos hackers, segundo .

Especialistas dizem que o número está crescendo rapidamente porque as redes controladas remotamente são muito úteis para as pessoas que querem inflitrar os PCs.

Os dados aparecem no relato semestral de ameaças pela internet, feito pela internet, que mostra as tendências para segurança na net.

Ameaça oculta

O pico já registrado de computadores invadidos para espalhar vírus em um dia foi de 75 mil.

A marca mais alta foi atingida quando os criadores dos vírus MyDoom e Bagle conduziram uma guerra online que resultou em muitas versões diferentes dos programas desenvolvidos por eles.

Uma vez criadas, as redes de PCs "zumbis" são usadas como anônimas repetidoras de spams, para lançar ataques a websites ou simplesmente para roubar informações confidenciais dos donos de PCs.

Nigel Beighton, da Symantec, disse que os métodos usados para recrutar os PCs marcam uma mudança significativa dos autores de vírus e hackers.

No passado, muitas pessoas faziam vírus para ganhar notoriedade ou se valorizar perante seus colegas. Importava saber o número de máquinas infectadas.

Entretanto, segundo Beighton, por causa de a rede estar sendo usada para muitas atividades criminosas, os autores dos programas que as criam ficam felizes ao ver sua criação fora do noticiário.

"Quando você olha para as estatísticas, você vê que o nível de ataques continua o mesmo", diz ele. "O que muda é como eles estão operando".





BBC, em Londres




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/2523/visualizar/