Homenews - homenews.com.br
Informática
Quinta - 07 de Outubro de 2004 às 07:59

    Imprimir


______________________________________________________________



O Departamento de Estado dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira que está liberando US$ 1,19 milhão para financiar programas de treinamento contra a pirataria de bens intelectuais em pelo menos cinco países, entre eles o Brasil.

Trata-se da segunda parcela de um total de US$ 2,5 milhões destinados pelo governo americano a esforços contra a pirataria. A primeira parte havia sido liberada em agosto.

De acordo com Adam Ereli, porta-voz do Departamento de Estado, o US$ 1,19 milhão são "para financiar programas de treinamento para combater roubo de propriedades intelectual no Brasil, no Paquistão, na Coréia do Sul, na Malásia e no Panamá, assim como iniciativas na região da tríplice fronteira entre Paraguai, Argentina e Brasil, além de (programas) em países da região do leste da Ásia e do Pacífico."

O porta-voz não revelou quanto do total seria destinado especificamente ao Brasil.

Allgeier

Os programas de treinamento "são parte de uma estratégia contra a pirataria (...) que foi anunciada em quatro de outubro pelo representante de comércio dos Estados Unidos, pelo Departamento de Comércio e pelo Departamento de Justiça e Segurança Interna", explicou o porta-voz.

No mês passado, o vice-representante de comércio dos Estados Unidos, Peter Allgeier, visitou o Brasil para discutir com as autoridades brasileiras os esforços do país no combate à pirataria.

Na ocasião, Allgeier disse que o Brasil poderia ser retirado da lista de países beneficiados pelo chamado Sistema Geral de Preferências caso não tomasse medidas contra a pirataria.

Por meio do Sistema Geral de Preferências, o Brasil exporta ao mercado americano cerca de US$ 2,5 bilhões por ano em produtos livres de taxação.

BBC, em Londres




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/2558/visualizar/