Homenews - homenews.com.br
Ciência
Quarta - 10 de Novembro de 2004 às 09:50

    Imprimir


_________________________________________________________________



Cientistas descobriram um gene pode proteger contra o câncer de pulmão.

A equipe da University College London afirma que versões defeituosas do gene estão fortemente associadas com o desenvolvimento de tumores.

O estudo, publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences, concluiu que mutações no gene LIMD1 eram comuns em amostras de câncer no pulmão.

Os autores dizem que o trabalho leva a novos caminhos de pesquisa e até a novos tratamentos para a doença.

Tabaco

O câncer de pulmão é uma das maiores causas de morte dessa doença na Grã-Bretanha - matando cerca de 33,6 mil pessoas por ano - e é difícil de tratar.

Em cerca de 90% das vezes ele é causado pelo uso de tabaco.

Mas cientistas conheciam relativamente pouco sobre a base molecular do câncer de pulmão.

O gene LIMD1 fica na parte do cromossomo 3 chamada 3p21.

Há muito tempo os cientistas suspeitavam que o 3p21 é onde se localizam importantes genes supressores de tumores. Esses genes não são encontrados em muitos casos de câncer.

Genes supressores de tumores impedem que tumores se desenvolvam. Mutações nesses genes fazem com que eles não cumpram seu trabalho e levem ao desenvolvimento de cânceres.

A região 3p21 está ausente em mais de 90% dos cânceres de pulmão.

Testes em células cancerosas de pulmões de ratos mostraram que restaurar a função do LIMD1 retarda significativamente o crescimento de tumores.

"Identificar mutações em genes-chave como o LIMD1 pode permitir o diagnóstico precoce de câncer, já que elas são sinais de alerta de que algo está errado", disse Tyson Sharp, que chefiou a equipe de pesquisadores do Instituto Wolfson.

A equipe agora planeja pesquisar se substâncias carcinogênicas encontradas no tabaco causam danos ao cromossomo 3p e, em conseqüência, falhas na forma como o LIMD1 se comporta.

A pesquisa foi custeada pelo Cancer Research UK, junto com o Wellcome Trust.

"As descobertas da equipe oferecem um novo caminho para o tratamento de câncer no pulmão", disse Robert Souhami, diretor do Cancer Research UK.



BBC, em Londres




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/2641/visualizar/