Homenews - homenews.com.br
Saúde
Sexta - 28 de Janeiro de 2005 às 11:16

    Imprimir


________________________________________________________________




Crianças expostas a fumaça de cigarro em casa têm uma probabilidade muito maior de desenvolver câncer no pulmão na vida adulta do que as crianças que vivem em casas onde não se fuma, de acordo com pesquisa.

Crianças expostas à fumaça diariamente e durante muitas horas são as mais vulneráveis, com um risco 3,63 vezes maior do que as que vivem em ambientes livres de fumaça, segundo o estudo, que foi publicado no British Medical Journal.

A pesquisa constatou que crianças sujeitas a inalar fumaça de cigarro como fumantes passivas umas poucas vezes por semana têm uma probabilidade 1,45 vezes maior de desenvolver câncer no pulmão.

As crianças expostas à mesma situação diariamente, mesmo que por breves períodos, têm um risco 2,08 vezes maior.

Mais de 300 mil voluntários de várias partes da Europa participaram do estudo, considerado um dos mais amplos já realizados sobre fumantes passivos.

Alguns dos participantes do estudo jamais haviam fumado, e outros haviam abandonado o hábito pelo menos dez anos antes da pesquisa.

Cerca de um terço deles forneceram informações sobre o fumo passivo, e os pesquisadores buscaram informações sobre seu estado de saúde durante sete anos.

O estudo concluiu ainda que ex-fumantes enfrentaram um risco duas vezes maior de desenvolver doenças respiratórias por causa do fumo passivo do que os que nunca fumaram.

Isso pode se dever ao fato de seus pulmões já estarem danificados, disseram os pesquisadores.



BBC, em Londres




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/2753/visualizar/