Homenews - homenews.com.br
Arqueologia
Segunda - 22 de Agosto de 2005 às 10:36

    Imprimir


________________________________________________________________


Um manuscrito original do físico Albert Einstein foi encontrado por um estudante na Universidade de Leiden, na Holanda.

Rowdy Boeyink se deparou com o documento quando pesquisava papéis que pertenciam a um velho amigo de Einstein.

"É muito empolgante", disse o professor Carlo Beenakker, da universidade. "Você pode até ver as impressões digitais de Einstein em algumas páginas", disse ele.

O manuscrito mostra estudos da última teoria criada pelo gênio alemão.

O documento tem 16 páginas e data de 1924. Os cientistas só conseguiram provar a teoria nele demonstrada em 1995.

O manuscrito trata da teoria quântica do gás ideal monoatômico, que examina como atómos de gás se comportam em temperaturas extremamente baixas, em teoria desenvlvida em colaboração com o físico indiano Satyendra Nath Bose.

Segundo a teoria, quando em temperaturas próximas ao zero absoluto, os átomos podem alcançar um nível de energia tão baixo que eles entram em um novo estado onde não é mais possível distingui-los - o estado conhecido como condensação Einstein-Bose.

A Universidade, perto de Haia, anunciou que o manuscrito recém descoberto será guardado no Instituto Lorentz de Física Teórica, na instituição.

Einstein tinha fortes relações com a universidade e era professor convidado com freqüência. O manuscrito foi encontrado entre os papéis de um amigo de Einstein, Paul Ehrenfest, que foi professor na universidade.




BBC, em Londres




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3104/visualizar/