Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Quinta - 17 de Novembro de 2005 às 15:34

    Imprimir


________________________________________________________________


Longe de serem os algozes que muitos previam para o setor de televisão, os gravadores digitais de vídeo (DVR), que permitem aos telespectadores pular a publicidade e assistir aos programas no horário que preferirem, na verdade ampliarão as audiências de TV, anunciaram as grandes redes norte-americanas de televisão.

Foi essa a principal conclusão de um relatório divulgado pelas seis grandes redes - CBS, ABC, NBC, Fox, WB e UPN -, em uma tentativa de atenuar as preocupações do setor de mídia quanto ao efeito negativo dos DVRs sobre o valor comercial da televisão aberta.

Anunciantes e investidores vêm acompanhando a chegada dos DVRs, liderada pela TiVo, com cautela, já há alguns anos. Alguns deles prevêem que os recursos que permitem aos telespectadores pular os comerciais e assistir aos programas como preferirem seriam a sentença de morte para a TV aberta, bancada por publicidade, e seu conceito de "horário nobre" de programação.

Mas em sua pesquisa sobre o uso dos DVRs, as redes de televisão afirmam que a tecnologia oferece uma oportunidade de atrair telespectadores que de outra forma perderiam os programas em seu horário regular de transmissão.

"Para a maioria dos programas de televisão mais populares, a audiência aumentará à medida que crescer a penetração dos DVRs," disse David Poltrack, diretor de pesquisa de audiência da CBS, aos jornalistas. "O DVR ampliará a audiência dos programas de televisão mais conhecidos."

Cerca de 8% dos domicílios norte-americanos dispõem de DVRs, hoje, e a expectativa é de que essa proporção cresça para 39% em 2010. Reconhecendo a tendência, a Nielsen começará, em janeiro, a incluir no seu cômputo de audiência televisiva nacional os programas assistidos em DVR entre um e sete dias depois de sua data original de transmissão.

Em média, os domicílios equipados com DVRs assistiam a 5,7 horas de televisão por dia, contra 5,1 horas para domicílios sem o aparelho, informaram as redes. Os domicílios com DVRs continuam assistindo a cerca de 90% dos programas em seu horário original, enquanto os 10% de programas gravados, em geral, são os episódios ou programas mais populares de uma determinada temporada.

Enquanto 90% por cento dos telespectadores pesquisados disseram que eles pulam todos ou a grande parte dos comerciais quando assistindo a um programa gravado no DVR, as redes descobriram que 58% prestam atenção aos comerciais que passam no modo avanço rápido e 53% voltam um comercial de interesse.

Os anunciantes já começaram a mudar uma parte de seus investimentos em novas mídias, numa tentativa de alcançar os consumidores que gastam maior parte do tempo na Internet ou outras formas de entretenimento. Grande parte deles vêem a televisão como um veículo importante num mix maior com outras opções de mídia, perdendo seu papel dominante.

As redes de televisão também estão explorando novos modelos de receita além da propaganda, incluindo um acordo entre a ABC e a Apple Computer Inc. para vender downloads de seus programas mais populares para o novo tocador de vídeos Ipod. NBC e CBS também oferecerão reprises por demanda de seus shows por uma taxa.




Reuters




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3260/visualizar/