Homenews - homenews.com.br
Saúde
Segunda - 16 de Janeiro de 2006 às 08:38

    Imprimir


________________________________________________________________


Problemas no uso de novas tecnologias foram apontados como o principal motivo de estresse dos britânicos no ano passado, segundo uma pesquisa feita pela DPP, uma ONG da área de saúde.

Das mil pessoas entrevistadas durante o estudo, 30% disseram que problemas como longas esperas em linhas de atendimento automático e falhas no computador foram os principais motivos por que se estressaram em 2005.

A DPP diz que isto pode estar levando cada vez mais britânicos às bebidas e ao cigarro.

Isso porque cerca de um terço das pessoas afirma que recorre a um drinque, e um quarto, ao fumo para enfrentar o estresse.

Confusão

“O fato de que as ‘novas tecnologias’ estão no topo da lista das pessoas como uma das principais causa de estresse no ano passado é um verdadeiro sinal dos tempos, e, considerando que quase um terço das pessoas recorreria ao álcool para ajudar a aliviar o seu stress, nós podemos estar vendo uma bomba-relógio mental”, diz a ONG no documento.

Das pessoas entrevistadas, 79% disseram que se sentiram estressadas no ano passado.

Mas a DPP alerta que muita gente identifica erradamente o que é o estresse e quando estão sofrendo do problema.

O estudo aponta que 68% dos entrevistados acreditam que ter um dia muito ruim implica estresse, assim como ter que lidar com pessoas difíceis ou ter muito o que fazer.

“Enquanto estes fatores certamente constituem pressões que podem se acumular e causar estresse, eles não são causas diretas”, diz a entidade.

“Estas conclusões ilustram a confusão em torno do que realmente é estresse em comparação com problemas e preocupações normais do dia-a-dia.”





BBC, em Londres




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3263/visualizar/