Homenews - homenews.com.br
Tecnologia
Terça - 31 de Janeiro de 2006 às 09:15

    Imprimir


________________________________________________________________



A Warner Music anunciou nesta segunda-feira (30/01) que deverá tornar suas músicas disponíveis como ringtones para mais de 74 milhões de usuários do serviço de telefonia pela Internet Skype, de propriedade do eBay.

De acordo com o órgão global de comércio de músicas, a Federação Internacional das Indústrias Fonográficas (IFPI, na sigla em inglês), as vendas de ringtones contabilizaram cerca de US$ 400 milhões, ou 36%, de todo o faturamento de vendas de músicas, de US$ 1,10 bilhão.

Troca de arquivos

A Warner Bros. também anunciou que em breve começará a vender filmes e programas de televisão na Alemanha, Áustria e Suíça por meio de uma rede de troca de arquivos, o que a levará a adotar a tecnologia que causou mais problemas ao setor de entretenimento.

A partir de março, o novo serviço chamado In2Movies permitirá que clientes pagantes baixem uma seleção limitada de filmes e programas de TV da Warner, como "Batman Begins" e "The OC", de servidores centrais e dos computadores de outros usuários que disponham dos arquivos desejados.

A essas redes foi imputada a culpa pela crise da indústria fonográfica, já que elas permitiam que adolescentes de todo o mundo facilmente trocassem arquivos musicais, por meio de serviços como o Napster e o Kazaa.

À medida que as velocidades de conexão cresceram, outros serviços, como o BitTorrent e o eDonkey, começaram a ser usados com maior freqüência para o download ilegal de filmes e programas de televisão protegidos por direitos autorais.

Atualmente, o tráfego nas redes de troca de arquivos chega a responder por 60% do uso de banda na Internet, de acordo com algumas estimativas.

"Uma das armas mais efetivas para derrotar a pirataria online é a oferta de alternativas legais e de fácil uso", disse Kevin Tsujihara, presidente da Warner Bros Home Entertainment Group.

No primeiro semestre de 2005, 1,7 milhões de usuários de Internet baixaram ilegalmente 11,9 milhões de filmes, na Alemanha, informou a Warner Bros.

A Warner Bros., controlada pelo conglomerado de mídia Time Warner, informou que os mercados de fala alemã são apenas o primeiro passo e que em breve pretende expandir o uso de redes de troca de arquivos.

"Nossos esforços iniciais se concentrarão no mercado alemão, mas nos próximos meses aproveitaremos essa tecnologia para melhor atender mercados em todo o mundo", disse Tsujihara.

Os filmes estarão disponíveis para os usuários registrados do In2Movies no mesmo dia em que forem lançados em DVD no mercado alemão. Além dos grandes sucessos do estúdio, o In2Movies planeja vender programas locais e conteúdo fornecido por terceiros.







Reuters




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3337/visualizar/