Homenews - homenews.com.br
Informática
Segunda - 12 de Agosto de 2002 às 13:11

    Imprimir



WASHINGTON (Reuters) - Parlamentares norte-americanos pediram ao secretário de Justiça dos Estados Unidos, John Ashcroft, para punir usuários de serviços de troca de arquivos que fazem download de mídia protegidas por direitos autorais, o que eleva a possibilidade de prisão para os fãs de música digital.

Em uma carta datada de 25 de julho, divulgada no final da quinta-feira, 19 parlamentares, democratas e republicanos, pediram para Ashcroft processar as redes "peer-to-peer" (que conectam usuários uns aos outros para troca de arquivos pela Internet), como Kazaa e Morpheus, e os internautas que trocam músicas digitais, vídeos e outros arquivos sem permissão dos artistas ou gravadoras.

O Departamento de Justiça dos EUA também deveria dedicar mais recursos para fiscalizar os direitos autorais online, afirmaram os parlamentares na carta.

"Tal esforço é cada vez mais importante uma vez que o roubo online dos trabalhos criativos de nossa nação é uma ameaça crescente a nossa cultura e economia", afirmaram os legisladores.

Um porta-voz do Departamento de Justiça não quis comentar o documento.

A indústria fonográfica afirma que os serviços peer-to-peer derrubaram as vendas de CDs e os tem combatido desde 1999, quando as cinco maiores gravadoras do mundo -- Bertelsmann AG, Vivendi Universal, Sony, AOL Time Warner e EMI -- processaram a empresa pioneira da tecnologia, Napster.

Um tribunal federal ordenou o fim dos serviços da Napster em julho do ano passado, mas iniciantes como Kazaa e Morpheus assumiram a cena logo após. A Kazaa, que além de música permite aos usuários trocarem filmes e outros arquivos, afirmou esta semana que seu software gratuito foi copiado da Internet pelos usuários 100 milhões de vezes.

Os selos não excluem a possibilidade de processar usuários individuais e têm pressionando pelo direito de sabotarem as redes de troca com arquivos falsos ou com outros meios.

Apesar do debate entre o direito de propriedade intelectual e a inovação tecnológica ter atingido o Congresso, as autoridades norte-americanas têm desempenhado um papel reduzido.

O Departamento de Justiça encaminhou uma moção de apoio à indústria fonográfica no caso contra a Napster, mas não tem movido novos processos por conta própria.




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/34/visualizar/