Homenews - homenews.com.br
Saúde
Terça - 04 de Abril de 2006 às 10:00

    Imprimir


________________________________________________________________


Saif Azar, 14, entusiasta do videogame, disse que um novo jogo chamado "Re-Mission" o ajudou a adquirir o conhecimento necessário a combater o câncer, depois do diagnóstico que revelou que ele sofria de um linfoma de Hodgkins, em 2003.

"Foi perfeito, na verdade. O jogo me ajudou a compreender as coisas que estavam acontecendo ao meu corpo", disse Azar, que começou a jogar como parte de um estudo clínico e continua a fazê-lo, na medida que conclui seu tratamento.

Roxxi, o principal personagem de "Re-Mission", é um nano-robô corajoso e bem armado que procura e destrói células cancerígenas em todo o organismo. A HopeLab, produtora do jogo, diz que os resultados do estudo científico envolvendo 375 adolescentes e jovens adultos em 34 centros médicos dos Estados Unidos, Canadá e Austrália demonstram que os jovens que jogavam "Re-Mission" tinham probabilidade mais elevada de aderir rigorosamente à sua medicação do que os que não jogavam.

A HopeLab é uma organização sem fins lucrativos que ajuda jovens pacientes de doenças crônicas. Foi criada em 2001 por Pamela Omidyar, presidente de seu Conselho e mulher de Pierre Omidyar, fundador e presidente do Conselho do site de leilões eBay.

Os resultados demonstraram que o jogo ajuda os usuários a se sentirem mais efetivos ao enfrentar os desafios da doença, o que eleva as chances de que usem seus remédios corretamente - e de que melhorem, portanto, disse Pat Christen, presidente da HopeLab. "Nós abordamos o estudo da mesma forma e com o mesmo rigor que teríamos usado para um novo medicamento", disse.

A HopeLab dirigiu seus esforços aos adolescentes e jovens porque seus resultados ao enfrentar doenças parecem piores do que os das crianças e os das pessoas mais velhas, disse. "Há uma suposição de que eles estão fazendo o que deviam, e não são monitorados de perto como deveriam", afirmou.

O jogo está disponível gratuitamente para adolescentes e jovens pacientes de câncer. Estará disponível para o público em geral a partir de 1 de maio, por uma doação sugerida de US$ 20. O site do HopeLab é www.hopelab.org.





Reuters




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3622/visualizar/