Homenews - homenews.com.br
Ciência
Terça - 09 de Maio de 2006 às 11:05

    Imprimir


________________________________________________________________


O cérebro das lésbicas reage diferente a hormônios sexuais em relação ao das mulheres heterossexuais, segundo novas pesquisas.

Isto está alinhado com um recente estudo que indica que a resposta do cérebro de homens gays é diferente de homens heterossexuais - sendo que a diferença entre as pessoas de sexo masculino é mais pronunciada que a entre mulheres.

O cérebro das lésbicas reage parcialmente como o dos homens heterossexuais, segundo o registro de um grupo de pesquisadores suecos na edição de hoje da Proceedings of the National Academy of Sciences.

Há um ano, o mesmo grupo divulgou dados sobre o cérebro de homens gays, afirmando que as respostas aos hormônios seriam parecidas com as de mulheres heterossexuais.

Em ambos os casos, a descoberta soma evidências a favor da idéia de que a homossexualidade tem uma base física e não é um comportamento aprendido.

"Isto mostra que a orientação sexual pode muito bem ter uma base diferente entre homens e mulheres... e não é só uma situação de reflexo", afirmou Sandra Witelson, uma especialista em anatomia cerebral e orientação sexual da escola de medicina Michael G. DeGroote, na Universidade de Mc Master, em Ontário, Canadá.

"O importante é estar aberto à possibilidade de que fatores biológicos podem contribuir para a orientação sexual", afirmou Witelson, que não fez parte do grupo de pesquisadores.

A equipe, liderada por Ivanka Savic da Instituto do Cérebro de Estocolmo, deu aos voluntários odores químicos derivados de hormônios sexuais masculinos e femininos. Acredita-se que estes produtos sejam os feromônios - moléculas conhecidas por ativar ações como defesa ou sexo em muitos animais.





AP




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3759/visualizar/