Homenews - homenews.com.br
Saúde
Quinta - 11 de Maio de 2006 às 12:19

    Imprimir


________________________________________________________________


Um protótipo de vacina contra o vírus H5N1 da gripe aviária, desenvolvido pelo laboratório francês Sanofi-Pasteur, apresentou uma resposta imunológica "animadora" em diferentes doses e foi bem aceita, de acordo com estudo publicado hoje pela revista médica britânica The Lancet.

O protótipo de vacina dirigido a uma cepa do vírus H5N1, isolado em 2004 no Vietnã, é considerado "pré-pandêmico", já que a cepa suscetível de deflagrar uma pandemia humana de gripe é desconhecida.

Durante um teste realizado na França, foram aplicadas duas injeções, com intervalo de três semanas, em 300 voluntários saudáveis com idades entre 18 e 40 anos. Trata-se de um teste de fase 1, o primeiro de uma série de três, necessários antes de sua comercialização.

Seis formulações diferentes foram testadas. A injeção de duas doses de 30 microgramas de hemaglutinina, uma proteína que se encontra na superfície do vírus, com hidrogênio de alumínio como coadjuvante, provocou uma reação imunológica significativa em dois terços dos 50 pacientes que receberam a fórmula.

Mais de 40% dos 200 participantes que receberam doses mais fracas (7,5 ou 15 microgramas), com ou sem coadjuvante, também apresentaram uma reação imunológica classificada de "animadora" por Jean-Louis Bresson (Hospital Necker-Crianças Doentes em Paris) e sua equipe.

Durante outro teste feito pelo Sanofi-Pasteur dos Estados Unidos, constatou-se uma reação imunológica suficiente após a administração de doses maciças (duas vezes, 90 microgramas), revelaram resultados publicados no final de março passado.

No início de maio, 31 protótipos de vacinas contra diferentes vírus da gripe aviária (22 deles contra o H5N1) estavam em desenvolvimento no mundo, de acordo com a Federação Internacional da Indústria do Medicamento (FIIM).





AFP




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3777/visualizar/