Homenews - homenews.com.br
Ciência
Quinta - 07 de Novembro de 2002 às 09:23

    Imprimir


Dois pesquisadores norte-americanos criaram embriões clonados de ratos saudáveis à partir do material genético de células cancerosas, obtidas em um tumor cerebral.

Para criar os embriões, Tom Curran e James Morgan do Hospital Infantil Saint Jude, em Memphis, no estado do Tennessee, aplicaram a mesma técnica usada para criar a ovelha Dolly. Mas, em vez de inserir o DNA de uma célula comum e saudável em um óvulo sem núcleo, eles usaram o DNA de uma célula de cancerosa.

Em vez de criar embriões com mudanças genéticas, a célula clonada transformou-se em pequenos embriões aparentemente normais. "Ninguém previu isso", disse Curran. Só ocorreu morte quando um gene anormal deixou de estimular o crescimento do embrião.

Os pesquisadores acreditam que a clonagem 'apague' algumas das mutações genéticas que tornam uma célula normal em câncer em um processo chamado de reprogramação. Essas mudanças estariam relacionadas com o fato de a clonagem, reconhecidamente, reprogramar o DNA e provavelmente envolveriam mudanças estruturais no DNA.

Para os cientistas, a descoberta pode levar ao desenvolvimento de medicamentos ou técnicas que simulem, nos tumores cerebrais, o efeito da clonagem.

A experiência foi relatada na Reunião Anual da Sociedade para a Neurociência, em Orlando, na Flórida, e divulgada na seção de notícias do site da revista científica 'Nature'.

Homenews com agências internacionais




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/378/visualizar/