Homenews - homenews.com.br
Ciência
Segunda - 09 de Outubro de 2006 às 10:30

    Imprimir


________________________________________________________________


O teletransporte usado pelos personagens de Jornada nas Estrelas - e sonhado pelos fãs da série como solução para trânsitos congestionados ou vôos intermináveis - ainda está muito distante da realidade, mas um passo importante acaba de ser dado nesse sentido.

Até agora, cientistas haviam conseguido teletransportar apenas luz ou um único átomo por pequenas distância em uma fração de segundo. Mas o professor Eugene Polzik e sua equipe no Instituto Niels Bohr, na Universidade de Copenhaguem, na Dinamarca, fizeram uma descoberta muito importante transformando luz em matéria.

"É um passo adiante porque pela primeira vez involve o teletransporte entre a luz e a matéria, que são dois objetos diferentes. Um carrega a informação e o outro a guarda", explicou Polzik.

O experimento envolveu pelo primeira vez um objeto atômico macroscópico, contendo trilhares de átomos. Eles também teletransportaram a informação a uma distância de meio metro, mas acreditam que possa ir mais longe.

"Teletransporte entre dois átomos foi feito há dois anos por duas equipes, mas este experimento transportou os átomos a apenas uma fração de milímetro", explicou o pesquisador. "Nosso método permite o transporte em maiores distâncias porque envolve luz como forma de carregar os dados", completa.




Reuters




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/3873/visualizar/