Homenews - homenews.com.br
Ciência
Terça - 12 de Novembro de 2002 às 10:54

    Imprimir


LONDRES (Reuters) - Um estudo publicado nesta segunda-feira revela que os homens britânicos passam mais tempo falando no telefone celular que as mulheres. Isto porque possivelmente os celulares satisfazem o desejo masculino por brinquedos tecnológicos.

A pesquisa Guardian/ICM realizada com mil adultos na Grã-Bretanha, constatou que os homens que possuem um celular ficam 66 minutos por dia, durante a semana, usando o aparelho móvel ou uma linha fixa. O número é comparado com os 53 minutos, registrados antes da revolução do celular.

As mulheres agora ficam 55 minutos por dia ao telefone, frente aos 63 minutos antes dos celulares.

A utilização muda nos fins de semana, quando as mulheres ficam no telefone um pouco mais (52 minutos em média) do que os homens (50 minutos).

A Grã-Bretanha tem as maiores taxas de uso de celular do mundo. Mais de 70 por cento da população possui celular -- 72 por cento dos homens e 67 por cento das mulheres.

Os celulares não são mais só coisa de jovem. O estudo constatou que quarentões e cinqüentões têm tantos celulares quanto gente na casa dos 20 anos.

Renda é um elemento determinante na posse dos celulares. Mais de 80 por cento dos profissionais liberais e afluentes têm celular, comparado com 51 por cento dos pobres e trabalhadores não-especializados, de acordo com o estudo.





URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/398/visualizar/