Homenews - homenews.com.br
Informática
Quinta - 21 de Novembro de 2002 às 09:06

    Imprimir


LOS ANGELES (Reuters) - O Universal Music Group, maior gravadora do mundo, anunciou na quarta-feira que vai colocar na Internet mais de 43 mil canções à disposição dos usuários para download em sites de varejo e música online, abrindo uma nova frente na comercialização de música digital.

A iniciativa tem por objetivo atrair os fãs que podem desejar adquirir canções ou álbuns um a um na Internet, e não em base de assinaturas mensais, a alternativa que as grandes gravadoras vinham oferecendo aos serviços gratuitos de troca de arquivos de musicais.

A Universal Music, subsidiária da Vivendi Universal, afirmou que os downloads poderão ser gravados em CDs e transferidos para dispositivos portáteis de música. As faixas individuais estarão disponíveis para compra pelos internautas norte-americanos a 99 centavos de dólar, enquanto os álbuns sairão por 9,99 dólares.

O download digital estará disponível por meio de 25 sites de varejo e de música online, entre os quais Best Buy, Circuit City Stores, MP3.com, Rolling Stone, Tower Records e outros.

"Trata-se de um ataque direto aos serviços de troca de arquivos, ao oferecer aos consumidores uma maneira rápida e barata de obter um arquivo confiável", disse P. J. McNealy, analista da GartnerG2.

A indústria fonográfica tentou vender downloads limitados de arquivos musicais nos primeiros dias de seus esforços na Internet, mas ao preço de 2,99 a 3,99 dólares por faixa encontrou grandes obstáculos para a aceitação dos serviço.

McNealy disse que antecipa que outras grandes gravadoras esperarão para ver como a Universal se sai na nova tentativas antes de adotarem idéia semelhante.

O programa de download segue-se a uma série de acordos de licenciamento online anunciados na semana passada pelos membros da indústria fonográfica, enquanto o setor tenta atrair uma base de fãs para seus serviços online, afastando-os dos populares e gratuitos serviços não autorizados de trocas de arquivos como o Morpheus e o Kazaa, que segundo as grandes gravadoras vêm prejudicando suas vendas.

Usando tecnologia da Liquid Audio, o serviço permite que fãs adquiram faixas de artistas do catálogo da Universal tais como Eminem, Diana Krall, Jay-Z, Nelly, Shaggy, Shania Twain, Sheryl Crow e U2.





URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/451/visualizar/