Homenews - homenews.com.br
Ciência
Quinta - 21 de Novembro de 2002 às 11:40

    Imprimir


Lisboa, (AFP) - As autoridades portuguesas continuam em estado de alerta para evitar a poluição das águas do litoral norte do país, após o naufrágio do petroleiro Prestige, perto da Galícia, na Espanha.

"Hoje o vento sopra do sul, levando a camada de petróleo para o norte, em direção ao litoral espanhol", afirmou o comandante Augusto Ezequiel, diretor técnico do Instituto Hidrográfico Português.

Segundo as previsões meteorológicas para os próximos seis dias, o vento deve continuar soprando do sul, sua orientação normal nesta época do ano, indicou. Mas o governo português vai continuar se preparando para o pior.

O primeiro-ministro José Manuel Durão Barroso disse que o governo está "tomando todas as medidas" para preservar o litoral, pois "as ondas e o vento podem ser mais fortes que os governos".

O governo português montou uma unidade de crise, sob a direção do Ministério da Defesa, que preparou um plano de emergência com medidas que deverão ser adotadas em caso de maré negra.

Um dia antes do naufrágio, o governo português se negou a ceder seus portos para que o navio pudesse ser atracado.




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/457/visualizar/