Homenews - homenews.com.br
Ciência
Segunda - 09 de Dezembro de 2002 às 11:09

    Imprimir


(BBC) - Cientistas estão desenvolvendo o implante para um olho eletrônico que eles acreditam que possa restaurar a visão de milhões de pessoas.

O microchipe estimula as células em volta da retina. Isso estimula as células no cérebro, restaurando a visão da pessoa afetada pela cegueira.

Testes em animais mostraram que o implante pode recuperar a visão. O microchipe, que age como uma retina artificial, pode ser implantado no olho por meio de uma cirurgia.

Cientistas do governo do Estados Unidos, que estão liderando o projeto, acreditam que poderão conseguir o implante para humanos dentro de três anos.

Estímulo

O implante estimula as células em volta da retina que não foram danificadas pelo que causou a cegueira. Isso possibilita a restauração da visão.

O microchipe de quatro milímetros está acoplado a um tipo de silicone chamado polidimetilsiloxano (PDMS).

Esta susbtância é flexível e pode se adaptar à forma curva da retina sem danificar o tecido que a cerca.

Os pesquisadores da Universidade da Califórnia, que também estão envolvidos no projeto, já testaram o implante em três cachorros com sucesso.

Os cientistas estão trabalhando com pesquisadores do Laboratório Nacional Lawrence Livermore para desenvolver um implante compatível com humanos.

Este implante precisa ser forte o bastante para suportar um procedimento cirúrgico, mas, ao mesmo tempo, precisa ser biocompatível - capaz de se resitir também às condições fisiológicas do olho.

Segunda geração

Os pesquisadores estão trabalhando no que eles chamam de implante de segunda geração.

Este implante terá um número maior de eletrodos e de chipes. Também será mais forte, para evitar que se dobre dentro do olho.

O protótipo de implante contém 16 eletrodos, permitindo que os pacientes detectem a presença ou a ausência de luz.

A segunda geração de implantes deverá ter mil eletrodos e espera-se que ajude as pessoas a enxergarem imagens.

Os cientistas acreditam que o implante poderá ajudar as pessoas que estão perdendo a visão ou que já estão completamente cegas.

O projeto recebeu US$ 9 milhões (quase R$ 35 milhões) do Departamento de Energia dos Estados Unidos.




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/539/visualizar/