Homenews - homenews.com.br
Informática
Terça - 28 de Janeiro de 2003 às 15:20

    Imprimir


LOS ANGELES (Reuters) - As vendas de videogames, jogos e acessórios nos Estados Unidos cresceram 10% em 2002, para 10,3 bilhões de dólares, segundo informações divulgadas na segunda-feira por uma empresa de pesquisa de mercado.

De acordo com o serviço da NPDFunWorld, que acompanha a indústria de videogames, as receitas de 2002 superaram os 9,4 bilhões de dólares no ano anterior.

As vendas de hardware - cobrindo o PlayStation 2, da Sony; Xbox, da Microsoft; e Game Cube, da Nintendo, incluindo portáteis - caíram quatro por cento, para 3,5 bilhões de dólares, apesar do volume ter aumentado em 10 por cento.

Sony, Microsoft e Nintendo reduziram preços de seus consoles em maio para tentar aumentar o número de consoles vendidos, na tentativa de ampliar a venda de jogos e com isso obter mais lucros.

Em um sinal de tendências futuras, a NPD disse que 15 por cento das receitas com jogos de agosto até dezembro do ano passado foram para títulos que podem ser jogados online.

Em termos de unidades vendidas, a produtora Take-Two Interactive Software comandou o ranking novamente. O Grand Theft Auto: Vice City para PlayStation 2 foi o jogo mais vendido do ano, seguido por seu antecessor, Grand Theft Auto 3.

A NPD afirmou que as vendas de software para computadores, que incluem desde sistemas operacionais a jogos, cresceram 3,1 por cento, para mais de 5,7 bilhões de dólares em 2002, mesmo com as vendas unitárias caindo 4,2 por cento.

Entre os principais programas vendidos estão o TurboTax 2001 e o Norton Antivirus 2002, bem como o Windows XP, The Sims em Férias, The Sims - O bicho vai pegar e Warcraft III: Reign of Chaos.




URL Fonte: https://homenews.com.br/noticia/710/visualizar/